quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Património, um fardo para Braga e um tesouro para Guimarães!?

Em Braga o desinteresse da Câmara Municipal de Braga pelo património, tem sido confrangedor ao longo das últimas décadas. 

A destruição patrimonial torna-se gritante, um pouco por todo o município. Desde os solares, que se encontram por classificar ou foram destruídos, até ao restante património destruído no centro urbano de Braga, a Câmara Municipal de Braga tem sido diversas vezes responsável direta ou indiretamente, pela destruição do mesmo, onde as mais recentes intervenções no âmbito do "Regenerar Braga" são disso prova.

A permissão de intervenções que destroem ou desclassificam o património, vão-se acumulando. Além disso, a não classificação do património por parte da CMB, levam a que associações como a ASPA tenham assumido esse "fardo", uma vezes bem sucedida outras não
Não deve ser aceitável que tanto património esteja por classificar e a CMB nada faça, permitindo sucessivamente a degradação e posterior destruição do mesmo.

Em Guimarães observa-se o inverso, onde a Câmara Municipal de Guimarães, não permite o descaracterizar do centro urbano com volumetrias desmedidas nem a substituição do edificado histórico por "rasgos de genialidade" das décadas de 80 e 90 do século XX, ou do século XXI.




Ao invés, em Guimarães têm procurado recuperar e devolver a identidade ao centro histórico reintroduzindo nas fachadas os elementos originais. Esta estratégia de longo prazo obtém retorno em classificações como a que hoje foi conhecida.
GUIMARÃES | «Centro Histórico» é o 4º mais recomendado a nível mundial (vídeo)
O Centro Histórico de Guimarães é um dos lugares classificados como Património da Humanidade que os turistas mais recomendaram a nível mundial. A informação consta de um estudo realizado pelo famoso site de viagens «TripAdvisor», em colaboração com a UNESCO. 
@

Em Braga falta uma estratégia de fundo para o centro histórico e para o património, uma estratégia que seja capaz de criar em Braga o desenvolvimento do setor do Turismo em concordância com o valor patrimonial que possui. 
O património deve deixar de ser visto como um fardo e as poucas promessas devem ser cumpridas.

@

Até quando bracarenses...


Como avalia o desempenho da CMB, em relação à proteção e valorização patrimonial?
Excelente
Bom
Regular
Mau
Péssimo
Create your own poll