sábado, 18 de agosto de 2012

Regenerar Braga - Avenida Central e Rua dos Chãos

Como muitos devem ter notado, iniciaram-se as obras de "regeneração" na Avenida Central e Rua dos Chãos.

Tal fato, é notícia hoje no Diário do Minho.
O projeto de regeneração urbana de Braga avançou agora para a Avenida Central e Rua dos Chãos, uma área fulcral do centro histórico da cidade. O calendário da intervenção está a ser cumprido, mas os comerciantes que veem as obras à sua porta não escondem o incómodo, adiantando somar prejuízos com a falta de fregueses impedidos de comprar pelos efeitos da crise e agora com a dificuldade em chegar às lojas.
Achando-se ou não, que o resultado estético e funcional foi positivo em muitos dos locais, será sempre de lamentar que elementos arqueológicos de valor tenham sido ignorados, e que as intervenções no subsolo não tenham sido sujeitas a trabalhos arqueológicos prévios, tendo-se limitado ao acompanhamento das mesmas.

No centro histórico de Braga a matriz de intervenção deverá ser sempre a valorização e proteção do património existente, estando toda a intervenção atual sujeita às condicionantes, e não o contrário.
No âmbito do Projeto Regenerar Braga, vários pontos de interesse relativos ao património arqueológico e história de Braga podiam ter sido criados, mas imperou a filosofia de intervenção das últimas décadas.

Mais mensagens relacionadas com o projeto Regenerar Braga.