terça-feira, 10 de julho de 2012

Braga e o desprezo pela cultura, Galeria Mário Sequeira

Em Braga continua-se a ignorar a cultura. A arte contemporânea, a sua história, a cultura e as tradições continuam esquecidas pela Câmara Municipal de Braga.



A Galeria Mário Sequeira um dos expoentes máximos da arte contemporânea de Braga e Portugal, não recebe qualquer atenção por parte do Município, e em entrevista à revista SIM o galerista Mário Sequeira, alerta para a possibilidade do encerramento desta referência.




Continuará a CMB a ignorar que a valorização da cultura, património, turismo, educação são o modelo de desenvolvimento do futuro? E que o velho modelo baseado na transformação de áreas agricolas em zonas de urbanização máxima e nas empresas construtoras que sabem fazer um pouco de tudo, está esgotado?


A execução dos museus da Arte Contemporânea e da Memória de Braga, só peca por tardia.