sábado, 28 de julho de 2012

Igreja da Conceição

A atual Igreja da Conceição data de 1728, é o templo do antigo convento da Conceição, de 1625. Tem uma fachada lateral onde apenas se destaca a zona frontal do pórtico. 

A atual igreja substituiu a antiga, que se situava na ala sul do convento. Neste, atualmente, funciona o Instituto Monsenhor Airosa.
O plano do templo saiu das mãos de Manuel Fernandes da Silva, e no seu interior encontra-se um belíssimo conjunto do período nacional do barroco, onde se destacam a rica decoração em talha dourada, do retábulo-mor e retábulos laterais, o púlpito e o órgão.

Os retábulos laterais são da autoria de Pedro Salvador.

O magnífico retábulo-mor é de autoria de João de Araújo. E na capela-mor da igreja repousam, em túmulo de mármore, os restos mortais de Monsenhor Ferreira Airosa.

O órgão do período do barroco nacional, foi recuperado na última década do Século XX.

Destoando do restante do conjunto arquitectónico, existe, do lado esquerdo da nave única da igreja, um altar em honra de N.ª S.ª de Lourdes, mandado edificar pelo fundador do Instituto, em reconhecimento por graça recebida.

Tratando-se de um convento feminino, possuía a típica entrada lateral e gradeamento, com o objetivo de isolar as recolhidas no convento.

Fonte do texto, IMA e "V Percurso do Barroco".

Esta exposição e informação devem-se ao "V Percurso do Barroco" promovido pela JovemCoop, e orientada pelo jovem investigador e amigo Rui Ferreira, no âmbito da Capital Europeia da Juventude, Braga 2012.