domingo, 22 de janeiro de 2012

Atualidades - Parque do Picoto


Arquidiocese esclarece afirmações da Câmara de Braga sobre o Picoto


22 Jan 2012

Em comunicado enviado à Redação do Diário do Minho, a Arquidiocese de Braga estranha as declarações da Câmara Municipal de Braga sobre a posse do Monte Picoto, dado que o processo expropriatório decorre normalmente e há dois recursos para o Tribunal da Relação de Guimarães que poderão vir a anular tudo o que a autarquia tem vindo a propalar. Estranha ainda que a Câmara Municipal de Braga tenha anunciado, na manhã de 19 de janeiro, já existir em seu favor a adjudicação judicial dos terrenos em causa, quando o despacho judicial só foi emanado às 19h, 11 minutos e 28 segundos desse mesmo dia.


Insitem em destruir as Sete Fontes já classificadas, e avançam nestas condições para o Picoto, após trinta anos a adiar o Parque. Com este executivo da CMB os novos Parque Urbanos têm sempre problemas...

Estando ao abrigo de fundos comunitários e sendo uma necessidade clara da cidade, a posição da Arquidiocese só prejudica a cidade e os bracarenses, independentemente da razão.

Quanto à discrepância nas "horas", ... "no comment".