sábado, 14 de janeiro de 2012

CEJ Braga 2012 - Críticas de Ricardo Rio

Em notícia no Correio do Minho, pode ler-se.

Ricardo Rio pede rigor na gestão da Capital Europeia da Juventude

 José Paulo Silva
...
Ricardo Rio fez questão de contrariar excessos de optimismo relativamente ao impacto económico que a CEJ terá, considerando “ficção” a estimativa avançada recentemente de 2,5 milhões de visitantes durante o corrente ano.

Sobre o programa da CEJ, o vereador social-democrata classificou-o como “uma manta de retalho de coisas giras”, reconhecendo como aspectos positivos a cerimónia de abertura de amanhã ou a possibilidade de acordo com a estação de televisão MTV para a realização de um grande espectáculo musical na cidade.


“A concretização da CEJ só por si é positivo”, adiantou Rio, que lamentou a não conclusão da nova Pousada da Juventude no corrente ano. “Esperamos que a requalificação do quartel da GNR não vá pelo mesmo caminho”, adiantou o vereador do PSD, crítico da falta de ligação à Guimarães Capital Europeia da Cultura ou da redutora “campanha de comunicação” da equipa gestora da CEJ. “Uma página facebook é insuficiente”, constatou o vereador social-democrata.

Em relação aos visitantes, depende do que se entende por visitante, se forem os contabilizados no INE, menos de 200.000, e depois das perdas no Turismo de todo o Minho, para o Porto que cresceu de forma desmesurada com a entrada em funcionamento da nova Região de Turismo Porto e Norte de Portugal, o valor avançado é apenas uma forma de chamar à atenção.

De facto os únicos eventos de Capital Europeia seriam os concertos de David Guetta, Pearl Jam e outra banda internacional, a adicionar ao MTV Day. Caso os concertos fossem em recintos com capacidade suficiente certamente que os 1.500.000€ teriam retorno, aliás parece-me um valor francamente curto para a dimensão do anunciado.

Quanto à nova Pousada da Juventude, o fundamental é recuperar todo o património arqueológico encontrado, para que se crie ali um centro interpretativo e outra valência, porque naquele local parece-me que pode ser quase tudo, menos a Pousada da Juventude para os jovens que pretendem visitar o centro histórico.

Falta claramente um site do evento, onde possam divulgar toda informação.