quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Em notícia no Diário do Minho pode ler-se.

Empresas inovadoras no coração de Braga

É uma das várias medidas que a Capital Europeia da Juventude (CEJ 2012) vai colocar no terreno para combater o desemprego entre os jovens do concelho de Braga. O projecto “Encaixa-te” garante a instalação de uma dezena de projetos empresariais inovadores assumidos por jovens.  Garantida está já a cedência gratuita de lojas no casco medieval da cidade, para que o empreendedorismo juvenil de matriz criativa possa vingar, cabendo ao Gabinete de Empreendedorismo da Associação Académica da Universidade do Minho selecionar os projectos a apoiar pela CEJ2012.

Quanto à notícia nada a dizer, contudo resta esperar que Braga 2012 não coloque algum desses projetos no edifício novo do lado esquerdo da imagem. Pois foi construído na zona de protecção da Sé de Braga, com a demolição do anterior para a sua construção, num estilo arquitectónico que destrói o que deve ser o conjunto arquitectónico que se pretende numa zona medieval/barroca.

Quando um Turista visita um centro histórico não procura inovadoras fachadas arquitetónicas, procura a história daquele local e certamente não será desta forma que Braga contará a sua história.